7 Erros Na Hora De Estudar Inglês

Que estudar inglês é fundamental nos dias de hoje todo mundo sabe, mas poucas pessoas têm ideia de que alguns erros bobos, cometidos por quase todo mundo, são grandes vilões do aprendizado.

Para ajudar você que está começando a estudar inglês agora, mas ainda não sabe quais os melhores métodos e o que deve ser evitado, preparamos uma lista dos 7 principais erros de quem está começando a aprender inglês, principalmente se você optou por estudar em casa:

 

1# Fontes de estudo em excesso

A internet é uma verdadeira maravilha quando pesamos na quantidade de informação disponível e na facilidade de acesso. No entanto, informação demais pode mais atrapalhar do que ajudar.

Se você está começando a estudar agora, pode acabar se empolgando e abrindo mil janelas no seu navegador com inúmeros sites, canais do youtube, plataformas de exercício, etc. É tanta coisa que, passado o primeiro momento de entusiasmo, você vai acabar ficando mais perdido do que estava antes.

É muito importante que você separe poucas, mais confiáveis, fontes de estudo. Pesquise sobre os melhores cursos online de inglês e se resolva por um.

Para complementar o conteúdo, selecione mais um blog com dicas de estudo, um jornal estrangeiro para que você possa acompanhar as notícias e treinar a sua leitura, e dois ou três canais de youtube em inglês para que você possa praticar a escuta.

Mais do que isso é exagero e os resultados podem ser o contrário do esperado: mais confusão do que aprendizado, de fato.

 

2# Não ficar imerso no idioma

Quanto mais imerso no universo do inglês você estiver, mais rápida será a fixação do vocabulário e o desenvolvimento das suas capacidades de fala, escuta, escrita e leitura.

Basta compararmos com o aprendizado do idioma materno: as crianças têm, sabidamente, muito mais facilidade de aprender do que os adultos, e mesmo imersas no idioma 24 horas por dia, levam pelo menos 2 anos para conseguir se comunicar mais efetivamente.

Não seria diferente com a aquisição de um segundo idioma: se está começando do zero, você levará pelo menos alguns meses para conseguir formular frases e entender razoavelmente  um discurso em inglês.

Quanto mais você estudar inglês e praticar, mais rápidos os resultados serão!

 

3# Não conhecer os seus limites na hora de estudar inglês

Para começar a elaborar um programa de estudos, é de fundamental importância que você respeite os seus limites. Não adianta baixar áudios avançados se você está começando agora: seu cérebro, como não está familiarizado com o idioma, bloqueará o conteúdo e você não conseguirá aproveitar nada.

Vá com calma e, se for preciso, comece do básico. Suba um degrau por vez e tenha paciência: você estará craque em inglês muito mais depressa do que imagina.

 

4# Focar em gramática

É claro que ter noções de gramática é muito importante, principalmente se você pretende ser fluente em escrita e leitura. No entanto, para conversação interessa muito mais a prática da escuta. Na hora de estudar inglês, reduza o tempo que você dedica para os aspectos gramaticais do inglês e compense escutando mais áudios.

 

5# Tentar traduzir tudo para o Português

Este é, talvez, o erro mais comum cometido por quem está aprendendo um novo idioma. No começo, é normal que você tente sempre associar uma palavra em inglês com sua tradução em português, mas na medida em que você for adiquirindo mais vocabulário, tente abolir esse costume da sua rotina de estudos.

O ideal é que você comece a “pensar em inglês”, tentando associar os significados das palavras ao objeto nomeado, diretamente, ou a uma descrição na qual você utilize outros termos em inglês.

 

6# Desistir no meio do caminho

Quando você começar estudar inglês, no começo você notará um grande avanço em pouco tempo. No entanto, quando você atingir o nível intermediário, pode ser que você fique por um tempo “parado no meio do caminho”. Pelo menos, é essa a impressão que você vai ter.

É nesse momento que muitas pessoas desistem. É importante que você tenha em mente que, por mais que aparentemente as coisas não estejam avançando, seu cérebro está se familiarizando cada vez mais com o idioma e você está adiquirindo a capacidade de entendimento. Por isso, permaneça firme nos estudos!

estudar inglês

7# Ter vergonha

E por último, o maior dos erros: ter vergonha de falar em inglês, seja por ainda não dominar a construção de frases ou por uma busca pela pronúncia perfeita.

O que você deve saber é que é normal não conseguir falar com perfeição enquanto você ainda está aprendendo! Observe os estrangeiros que aprendem português: eles muitas vezes falam com uma pronúncia terrível, mas o importante é que se fazem entender.

A pronúncia deve ser a última das suas preocupações. Lembre-se: somente treinando muito é que você vai conseguir refinar as suas habilidades, e a vergonha pode limitar muito as suas possibilidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *